quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Doce Amargo Desejo

O que fazer desse desejo “curtido” ?
-Quem sabe lamber as beiradas do teu corpo  como
 tentativas de chegarmos ao melado dos sentidos...
                                                             

                                                 [Sob a cama alheia]


Não quero!                                  Não preciso!
                          Não faço! 


Um dia o pote de doce vira cacos de vidro...

CUIDADO!

Você pode se cortar..

Nenhum comentário:

Postar um comentário